Após o barulho de um ato político, “SOS Transposição” começa a surtir efeitos técnicos, por Júnior Queiroz

Por Júnior Queiroz

Aconteceu em Monteiro no último domingo o ato SOS Transposição, muito discutido, parabenizado e contestado em toda a Paraíba.

O ato lançado pelo ex-governador Ricardo Coutinho foi motivo de muitos embates desde as rodas de conversas entre populares de cada cidade paraibana, passando pelas tribunas legislativas do estado até os microfones afiados da imprensa.

O fato da “Caravana Lula Livre”, liderada por Fernando Haddad ter se incorporado ao ato foi o maior motivo para os embates e mais uma vez a polarização nos deixou menos inteligentes como cidadãos fazendo com que uma parcela da sociedade, ainda embriagada pela polarização política, esquecesse o motivo principal do movimento: a transposição que vem parada há seis meses.

Diante das discordâncias de alguns e o silêncio de outros o ato começou a surtir efeitos concretos em questão de horas.

A primeira reação veio do Ministério Público Federal poucas horas depois. Esta primeira reação não foi muito animadora, mas mostrou que o ato chamou ainda mais a atenção do órgão fiscalizador para a transposição. O segundo efeito veio através de nota técnica do Ministério do Desenvolvimento Regional que admitiu falha na obra, mas colocou um prazo de longínquos 90 dias para o retorno dos serviços.

Entre a disputa pela tese política vitoriosa neste embate quem ganhou mais uma vez foi a polarização cega que fez alguns políticos torcerem publicamente para um ato em prol de água (independente de outras pautas menos importantes) falhar. Porém, quem saiu ganhando foi o povo que precisa da transposição, porque em menos de 24 horas pôde sentir os primeiros efeitos de uma cobrança em forma de grito político, justamente em tempos que a tecnicidade dos papeis não tem surtido os efeitos desejados.

Por fim, essa história toda deixou dois recados:

  • Que o povo sem voz precisa de gritos fortes, sejam eles advindos de qualquer direção.
  • Que nenhuma grande conquista social na história mundial foi vencida através de ofícios encaminhados.

 

Júnior Queiroz

Radialista e Diretor do Portal Paraíba Mix

Por: Junior Queiroz em 4 de setembro de 2019

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *