Primeiro comitê estadual do AgroNordeste é instalado na Paraíba e beneficiará Cariri

O primeiro comitê estadual de coordenação do Plano AgroNordeste foi instalado nesta quarta-feira (9), em João Pessoa (PB), em evento realizado na sede do Sebrae. Os comitês vão fazer os levantamentos necessários para definição dos projetos que serão desenvolvidos em cada um dos 12 territórios prioritários nos nove estados do Nordeste, além de Minas Gerais.

“A gente vai buscar interagir diretamente com o produtor rural, criando um ambiente de melhor assessoria técnica, tanto da porteira para dentro, quanto para fora, no empreendedorismo, agregação de valor, geração de renda. Com isso, queremos fortalecer as cadeias produtivas locais. Por isso essa iniciativa de lançamento nos estados, agregando as entidades parceiras”, explicou Danilo Forte, diretor geral do programa AgroNordeste.

O programa é voltado para pequenos e médios produtores que já comercializam parte da produção, mas ainda encontram dificuldades para expandir o negócio e gerar mais renda e emprego na região onde vivem.

Na Paraíba, o AgroNordeste vai atuar em 29 municípios do Cariri Oriental e Ocidental, com população rural estimada em 80 mil pessoas, 43% do total. Para esse público, o principal trabalho do Senar será com a oferta de assistência técnica e gerencial.

“Esse é um trabalho que nós já desenvolvemos há cinco anos na Paraíba e que atualmente já conta com 1.058 propriedades atendidas. Então o AgroNordeste chega como um desafio para o Senar demonstrar sua experiência e realizar sua missão de levar conhecimento e tecnologia”, resumiu Sérgio Martins, superintendente do Senar.

Na Paraíba, a coordenação estadual do AgroNordeste contará com representantes do Senar-PB, Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SFA), Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Sebrae e Embrapa. Após a instalação, o grupo se reuniu para definição de um plano de trabalho, com o objetivo de traçar mecanismos para alcançar o produtor.

AgroNordeste
O plano tem o objetivo de impulsionar o desenvolvimento econômico e social sustentável do meio rural da região. No biênio 2019/2020, 230 municípios serão contemplados com ações concentradas do programa.

O AgroNordeste se junta a outras ações já executadas pelo ministério na região, como Programa de Aquisição de Alimentos, regularização fundiária, Selo Arte, promoção da irrigação, indicação geográfica, equivalência de sistemas de inspeção de produtos de origem animal (Sisbi) e combate a doenças e pragas (febre aftosa, peste suína clássica e mosca das frutas).

Por: Junior Queiroz em 10 de outubro de 2019

GOSTOU? CURTA, COMPARTILHE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *